Página Inicial

CISTOS MAMÁRIOS

O que são?
 
Cistos mamários são dilatações de pequenas estruturas da mama responsáveis pela produção de leite, denominadas ácinos.
 
 
Ilustração dos ácinos mamários.
 
 
Com o passar dos anos a mama passa por um processo semelhante a uma “atrofia”, mais propriamente descrita como involução. Neste processo a estrutura de sustentação do tecido mamário, o estroma, regride de forma heterogênea, criando áreas de “fraqueza” no tecido e propiciando o aparecimento dos cistos. Inicialmente são muito pequenos e por vezes não identificados nos exames habituais de mama, no entanto podem evoluir e se tornarem maiores e até mesmo palpáveis. Obviamente isto ocorre apenas na minoria das pessoas.
 
Mamas com múltiplos cistos.
 
 
Como são diagnosticados?
 
A ultrassonografia é a forma mais simples de diagnóstico dos cistos, aparecendo na forma de nódulos extremamente escuros, descritos tecnicamente como nódulos ou cistos anecóicos. Quando aparecem na mamografia, não há como distinguir cistos de nódulos. Portanto é necessário sempre a complementação com a ultrassonografia.
 
Aspecto ultrassonográfico do cisto mamário.
 
 
Há relação entre cistos simples e câncer de mama?
 
Não há motivo para se preocupar, cistos não tem a menor relação com câncer de mama. Diversos estudos foram realizados com este objetivo e a conclusão é de que uma mulher com cisto mamário tem o mesmo risco de câncer de mama daquela que não tem. (Risk factors for breast cancer from benign breast disease in a diverse population. Worsham MJ, et al. Breast Cancer Res Treat. 2009). Portanto não estresse com os seus cistos.
 
 
Com qual frequência os cistos aparecem nas pessoas? É uma situação rara?
 
Cistos mamários são achados extremamente comuns. O pico de incidência ocorre na faixa dos 35 – 50 anos. Segundo um importante estudo desenvolvido nos EUA, denominado ACRIN 6666, o seguimento ultrassonográfico de aproximadamente 2600 pacientes revelou que metade delas apresentaram cistos. Após a menopausa sua frequência reduz, no entanto aproximadamente 30% destas mulheres irão apresentar cistos durante seu exame de ultrassom (Cystic Breast Masses and the ACRIN 6666 Experience. Wendie A. Berg, MD, PhDa,b,, et al. Radiol Clin North Am. 2010).
 
 
Qual é o tratamento indicado para cistos mamários? Vitaminas são consideradas boas opções?
 
De forma alguma. Cistos mamários em sua imensa maioria não devem ser tratados. São considerados uma situação fisiológica e natural das mamas. Devemos, na verdade, tentar entender as mudanças que ocorrem no nosso corpo e encara-las com naturalidade.
Excessão são aqueles casos aonde há dor associada à massa palpável que corresponde à cisto. Estas pacientes devem ser submetidas a uma punção mamaria, que nada mais é do que introduzir uma agulha no interior da lesão e aspirar seu conteúdo liquido. Desta forma obtem-se alívio imediato do incômodo e desapareciemento da área palpável.
 
Cisto mamario ao ultrassom que foi puncionado. Ao lado o conteúdo aspirado.
 
 
As vitaminas não são consideradas opções para tratamento de cistos mamários. Não há qualquer relato ou estudo que tenha avaliado alguma relação entre eles.
 
 

Voltar

Visitas: 149322

© Copyright 2014 - Casa da Mama - Desenvolvido pela Agência de Sites Jundiaí